Transformação Digital: o seu RH está no passado ou no Futuro?

Tempo de leitura: 5 minutos

“O futuro começou ontem”. Foi desta maneira que o CEO da Ahgora Sistemas, Lázaro Malta fez referência durante a palestra “Transformação Digital no RH” – no CONARH 2017 – ao momento atual do departamento de Recursos Humanos. Para o executivo, a tecnologia faz parte da vida das pessoas e facilita as atividades profissionais, bem como possibilita humanizar o ambiente de trabalho. Isso faz ainda mais sentido quando se leva em consideração o quanto a tecnologia permite reduzir o tempo gasto com processos burocráticos e manuais do setor de RH. Desta forma, o setor sai da “administrialidade” para uma atuação mais estratégica dentro da companhia.

A Transformação Digital o grande impulsionador desta mudança, pois traz a tecnologia com o papel-chave de melhorar o desempenho e potencializar a obtenção de resultados. Neste sentido, a tecnologia vem para facilitar o dia a dia do RH e torná-lo mais estratégico e assertivo. Afinal, não é incomum ver estes profissionais levar horas e as vezes dias para fazer o fechamento de folha de pagamento.

A maior parte dos RHs ainda é operacional e utiliza planilhas ou ferramentas limitadas para fazer a gestão do dia a dia, o que leva a uma morosidade na extração de informações, tornando-o mais reativo que ativo. A boa notícia é que hoje existem ferramentas que estão mudando este cenário e a tecnologia está levando os RHs para o futuro, tornando-os mais estratégicos e ativos.

Há softwares que permitem fazer a gestão em TEMPO REAL e de forma rápida e segura, automatizam os cálculos de comissões, horas extras, faltas, entre outros, e ainda entregam informações centralizadas e atualizadas para a tomada de decisão rápida, precisa e estratégica. Com isso a área ainda ganha tempo – um dos benefícios mais importantes para as companhias – para se dedicar a Gestão de Pessoas da organização.

E isso impacta significativamente nas empresas. Para Lázaro Malta, é preciso ter tempo para estar próximo das equipes e contribuir para o desenvolvimento de cada profissional dentro das empresas. Afinal, é essencial fazer a gestão de pessoas relacionando-se com elas para agir assertivamente, retendo talentos, oferendo treinamentos, benefícios relevantes, flexibilidade no trabalho etc. Gerir pessoas deve ser a prioridade da área, mas para isso acontecer é necessário uma mudança de cultura e as ferramentas certas.

Com base nesta percepção, o executivo propôs uma mudança na nomenclatura de Recursos Humanos para Relações Humanas. Para Malta, o maior valor das empresas é o ser humano e a tecnologia é uma aliada para facilitar o dia a dia proporcionando mais qualidade de vida.

Quem não gostaria de ter mais tempo para incluir na rotina alguma atividade física, um curso ou chegar mais cedo em casa para curtir a família? Por meio das soluções que a Ahgora Sistemas oferece os profissionais do departamento de Recursos Humanos têm as informações em tempo real na palma da mão -, o que gera resultados potenciais e permite uma tomada de decisão assertiva. Além disso, ainda possibilita uma relação mais transparente entre líder e liderados, pois as informações referentes a dias trabalhados, folgas, férias, entre outros dados, podem ser liberadas para consulta dos colaboradores.

“No futuro, a grande oportunidade para o RH é uma atuação de ativista confiável e navegador de paradoxos. Transformação digital não significa apenas automatizar processos e estar presente nas redes sociais. Trata-se de uma mudança cultural e gerencial que poucos profissionais estão preparados para executar”, explica Malta.

De acordo com o estudo da Deloitte Global Human Capital Trends que apontou as tendências para o futuro na área de gestão de pessoas, 73% dos entrevistados estão com sua atenção voltada para o RH DIGITAL, “Se o foco antes estava em processos, agora, com a Transformação Digital, o objetivo é melhorar a produtividade, o engajamento e o trabalho em equipe. E o RH tem que ser mais INOVADOR.

As informações devem estar disponíveis no momento em que se precisa delas para tomar uma decisão ou uma ação. Malta defende que a tecnologia não deve ser vista como uma ameaça, “Ela veio para facilitar, integrar e proporcionar às pessoas uma vida mais equilibrada e justa. As novas tecnologias aproximam o RH do seu papel estratégico”, explica Malta. Os RHs hoje precisam mais do que relatórios, precisam de informações atualizada e assertiva. E é com este foco que a Ahgora atua: entregar valor para as empresas e RHs por meio da informação em TEMPO REAL, o que possibilita aos gestores tomar decisões estratégicas e assertivas!

 

Transformação digital: você está pronto para mudanças?

CONARH 2017

Lázaro Malta ministrou palestra na 43º CONARH – maior evento de Recursos Humanos da América Latina, que ocorreu em agosto no São Paulo Expo, na capital paulista. A Ahgora Sistemas estava como expositora e pode apresentar as tecnologias que estão impulsionando os Rhs e as empresas para o futuro para milhares de profissionais que visitaram a feira.

 

Dica de Leitura

O livro “Victory Through Organization – Why the war for talent is failing your company and what you can do about it”, publicado neste ano, em 2017, apresenta as competências-chave do RH ESTRATÉGICO, tendo como base um estudo composto por 30 mil pesquisas classificando as competências de mais de 4.000 profissionais de RH e 1.500 unidades organizacionais em todo o mundo.

 

 

Leia também:
O que o RH perde por não investir em tecnologia
Saiba como melhorar a gestão de RH
Como fornecer um bom feedback

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *