Como escolher o melhor relógio de ponto biométrico

Tempo de leitura: 5 minutos

relógio de ponto biométrico

Depois de pesquisar muito, ouvir a experiência de outros diretores e conhecer histórias de sucesso de outras empresas, você chegou à conclusão de que um controle de ponto biométrico é a melhor solução para a gerenciar a folha ponto do seu RH.

Apesar disso, você ainda tem dúvidas sobre como escolher o melhor relógio de ponto biométrico? Neste artigo, preparamos um passo a passo para te guiar com a escolha do melhor equipamento. Confira!

Passo a passo para escolher o melhor relógio de ponto eletrônico

Os ponto eletrônico biométrico deve ser homologado no Registrador Eletrônico de Ponto (REP) e a autorizado por meio das Portarias 373 e 1510 do MTE. Essa é a primeira exigência que você deve fazer.

Depois disso, você verá que os relógios biométricos podem ser bem semelhantes e com as mesmas funcionalidades. Isso vai confundir na hora da procura, fazendo com que você deixe de se atentar para detalhes importantes.

Listamos a seguir alguns critérios que farão toda a diferença depois da contratação, quando for necessário utilizar o sistema diariamente. Confira quais são abaixo:

1. Segurança

O ponto eletrônico biométrico deve oferecer segurança superior, para garantir que seu sistema não será violado. Converse com o fornecedor e questione quais são as práticas utilizadas pela empresa para que essa questão seja garantida.

Desconfie, caso a empresa não invista em soluções focadas em segurança. Os relógios da Ahgora, por exemplo, contam com leitor biométrico 3D antifraude, que permitem o registro de duas digitais diferentes por colaborador.

2. Integração com sistemas

A integração é fundamental para a automatização dos processos diários. O sistema de ponto biométrico deve oferecer integração com outras plataformas, a fim de minimizar o número de processos realizados na gestão da sua folha ponto.

3. Suporte

O objetivo de investir em tecnologias é otimizar o trabalho, porém como qualquer outro tipo de solução, sistemas podem apresentar falhas ou os colaboradores podem encontrar dificuldades em conduzir algumas ações dentro deles.

O suporte prestado pela empresa de ponto biométrico deve estar à sua disposição para solucionar qualquer problema de forma ágil e efetiva. Uma sugestão para entender como é o atendimento da empresa que você pretende contratar é avaliar as redes sociais e a opinião de outros clientes. Por exemplo, a Ahgora oferece suporte gratuito e ilimitado, que pode ser utilizado sempre que necessário. Além disso, pode ser contratado um SLA à parte para ampliar a cobertura. Outro diferencial da Ahgora – no caso da locação de equipamentos – é a garantia de 12 meses.

4. Segurança da informação

Os dados da sua empresa devem estar em um ambiente seguro. Em casos de ataques hackers ou desastres naturais, você deve ter a segurança de que suas informações poderão ser acessadas novamente.

A plataforma da Ahgora trabalha baseada no conceito de réplica, backup e disaster recovery, instalada em servidores certificados pela ISO 27001:2015.

5. Cloud Computing

A mobilidade de acesso às informações registradas pela sua empresa só será possível ao utilizar uma plataforma baseada em cloud computing. Com este sistema de armazenamento – também chamado de computação em nuvem – extigue-se a necessidade de altos investimentos em infraestrura. Isso porque os dados ficam armazenados em servidores de quem fornece o serviço. Além disso, servidores instalados nas máquinas não permitem o acesso de outros locais e estão mais vulneráveis, caso a empresa sofra um ataque ou um problema com seus computadores.

6. Mobilidade

O modelo de trabalho home office vem ganhando espaço em diversos mercados. Há também profissionais que trabalham alocados nos clientes da empresa. Nesse cenário, o principal questionamento é como registrar o ponto de cada colaborador? Por meio equipamentos que se conectam à internet, via wi-fi ou 3G, é possível fazer o registro da jornada de todos os profissionais com total mobilidade. Um exemplo é o Ah30 Lite, da Ahgora, que também faz o registro da localização geográfica do colaborador.  

7. Gerenciamento online

Nem todos os relógios de ponto oferecem sistemas de gerenciamento online.  Para empresas que estão implementando o ponto biométrico pela primeira vez, é mais interessante contratar uma ferramenta de gestão completa. Dessa forma, evita-se erros de sincronização e a solicitação de suporte em diferentes canais.

8. Visualização em tempo real

É bastante comum no mercado que o sistema de registro de ponto faça apenas a marcação e não o cálculo. Isso significa que após registrar as informações, o profissional do departamento pessoal precisa intervir para fazer a somatória das horas trabalhadas, horas de atestado, folga etc.

O sistema da Ahgora processa e envia as marcações registradas pela internet . Com isso, você pode visualizar as informações de que precisa para tomar decisões em tempo real.

9. Interação com o colaborador

Semanas após um atraso ou a falta de uma marcação, sua equipe precisa ir atrás de um colaborador para entender porque o sistema não registrou essas informações?

Profissionais de RH perdem muito tempo consultando os colaboradores sobre o porquê da falta de marcações ou justificativas.

No sistema da Ahgora, existe o Portal do Colaborador, onde ele pode justificar atrasos, esquecimento de batidas, entre outras interações que facilitam o trabalho do RH e a comunicação entre todos.

A Ahgora desenvolveu relógios de ponto e um sistema para automatizar os processos do RH da sua empresa. Conheça os modelos de Registrador Eletrônico de Ponto REP Ah30 e  Ah30 Lite e veja como eles podem ajudar o seu negócio.