Meritocracia na gestão de pessoas: o que é e como colocar em prática

Tempo de leitura: 3 minutos

A sua empresa ainda não tem um processo estruturado para reconhecer os colaboradores mais engajados? Eis uma a oportunidade para implantar a meritocracia na gestão de pessoas. Este conceito traz resultados positivos para o ambiente corporativo. Basta tomar alguns cuidados essenciais para evitar parcialidades.  

O que é meritocracia e como aplicar à gestão de pessoas?

A palavra meritocracia deriva do latim, das palavras meritum e cracia, que significam mérito e poder, respectivamente. A meritocracia na gestão de pessoas está diretamente associada a competência, bons resultados e dedicação profissional. O objetivo é reconhecer e valorizar os colaboradores que se destacam e contribuem para o sucesso da corporação.

Segundo reportagem publicada pelo jornal Zero Hora, a meritocracia na gestão de pessoas foi impulsionada pela globalização. Tudo começou há uns 15 anos, multinacionais estabeleceram formatos de gestão de desempenho de pessoas apoiados em metas quantitativas e qualitativas.

O reconhecimento do esforço e dedicação dos colaboradores trouxe importantes resultados positivos, como:

  • aumento da produtividade;
  • fortalecimento das equipes;
  • aumento no engajamento;
  • colaboradores mais motivados;
  • valorização de talentos internos.

Mas essa política de reconhecimento carrega desafios. É imprescindível definir critérios claros para o reconhecimento. Prevenir arbitrariedades evita impactar negativamente no clima organizacional.

5 cuidados que você deve ter ao implantar a meritocracia

  1. Critérios

O primeiro cuidado que toda empresa deve ter ao aplicar a meritocracia na gestão de pessoas é estabelecer critérios claros e objetivos. Oficialize os objetivos que deverão ser alcançados. Exponha o que a organização entende como mérito.

  1. Plano de ação

Trace um plano de ação, descrevendo a atuação individual e coletiva dos colaboradores. Tudo deve estar alinhado à cultura da organização, sua Missão e Valores.

  1. Comunicação

Comunique de forma eficaz como funcionará a avaliação por mérito. Os colaboradores precisam compreender claramente o que a empresa espera que desempenhem individual e coletivamente.

  1. Feedbacks

A meritocracia na gestão de pessoas valoriza a cultura do feedback. Esteja atento às percepções dos colaboradores em relação ao processo. Sempre que necessário, reveja os critérios ou metas estabelecidas.

  1. Coletividade

Como o propósito da meritocracia é reconhecer esforços e competências, não há problema algum em fazer isso de forma individual. Mas valorize o desempenho das equipes e promova a coletividade e a cooperação.

Como implementar a meritocracia na gestão de pessoas

Agora que você já sabe o que é a meritocracia na gestão de pessoas e quais cuidados deve ter para alcançar bons resultados, chegou a hora de colocá-la em prática. Antes de mais nada, defina como será feita a mensuração dos resultados. A partir daí, a tecnologia se torna uma forte aliada.

Recentemente abordamos aqui no blog a metodologia people analytics, que possibilita capturar e analisar informações sobre os colaboradores. Para a meritocracia você pode usar o mesmo princípio: recorrer aos dados para visualizar resultados, traçar comparativos e identificar destaques.

Você tem dúvidas sobre quais dados avaliar? Que tal começar pelo básico? Assiduidade!

A partir do sistema de registro de ponto, é possível identificar os colaboradores que não faltam ao trabalho e cumprem a jornada conforme o previsto. Outra possibilidade é traçar um contraponto entre frequência e produtividade. Para isso, basta usar uma ferramenta de apontamento de horas integrada ao sistema de ponto.

A meritocracia na gestão de pessoas é um caminho para uma ascensão mais democrática no mercado de trabalho. Partindo de uma avaliação clara e objetiva, é possível recompensar profissionais e equipes que se dedicam em busca de melhores resultados. Por sua vez, a empresa se beneficia ao reconhecer e reter talentos especiais.

Você acredita que a sua empresa está preparada para implantar a meritocracia na gestão de pessoas ou considera mais adequado algum outro formato de reconhecimento? Compartilhe a sua experiência conosco!

Se você gostou deste post sugerimos também a leitura dos conteúdos abaixo:

5 ações práticas para engajar a geração Y em sua empresa

Previsibilidade em RH: tomada de decisão em tempo real

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *