Informações em tempo real no RH: tem importância?

Tempo de leitura: 4 minutos

No mundo dos negócios, a tomada de decisão nem sempre é uma tarefa fácil e necessita de um bom embasamento para evitar equívocos. Neste cenário, ter um sistema que de forma rápida dê informações em tempo real no RH (ao vivo) sobre os diferentes aspectos da gestão de pessoas da sua empresa significa menos dor de cabeça e mais sucesso para o seu negócio.

Dois exemplos sobre o uso de informações em tempo real no RH:

► Aumentar a previsibilidade para tomada de decisão preventiva
► Acelerar a tratativa de não conformidades para atender o eSocial

Neste sentido, a tecnologia surge como uma aliada. Ficam para trás as pilhas de papéis, documentos, formulários e processos manuais da área de Recursos Humanos. Entram em cena sistemas que facilitam o registro, centralizam as informações e automatizam os processos.

Desta forma, a registrar e processar todos os dados e eventos do capital humano (colaboradores) da organização fica muito mais fácil.

Informações em tempo real no RH

Você deve estar se perguntando, mas qual a vantagem de ter informações em tempo real? Bom, as vantagens são inúmeras! A primeira delas é ter acesso aos dados reais, emitir relatórios atualizados e previsibilidade de gastos. Isso é ainda mais importante quando se fala sobre a gestão e controle de ponto dos colaboradores.

As soluções de gestão de ponto eletrônico quando realizada em tempo real oferece ao gestor de Recursos Humanos e aos gerentes de cada área dados valiosos sobre os colaboradores. Digamos que um colaborador sempre se atrasa. O RH pode identificar a necessidade de intervir: pode ser um indicador de desmotivação, por exemplo.

As informações de fácil acesso e interpretação auxiliam significativamente a tomada de decisão. Abaixo algumas das principais vantagens da gestão de ponto em tempo real:

Quando um colaborador não aparece para trabalhar, o gestor pode remanejar rapidamente sua equipe para cobrir essa falta;
 Controle inteligente dos períodos de folga de cada funcionário, para que a frente de trabalho não fique descoberta;
 Fiscalização de colaboradores que faltam muito ou não cumprem o horário de trabalho;
 Efetivo acompanhamento de horas extras, identificando cedo a necessidade de ações para equilibrar o volume de trabalho para cada colaborador, bem como os gastos com folha de pagamento;
 Identificar se a equipe de trabalho está completa e no local de trabalho;
Para ter informação estruturada, confiável e passível de auditoria, o que é um antídoto para reclamações trabalhistas;
Prevenção contra possíveis fraudes no registro;
Emissão automática de relatórios atualizados;
Alertas de sistema quando algo foge do padrão.

Outra vantagem é a comunicação entre equipamento e sistemas em tempo real, o que elimina a necessidade de intermediários como um profissional para pegar as informações de ponto com um pendrive.

Além disso, as informações em tempo real no RH ainda ajudam os empresários que possuem mais de uma filial ou loja. Isso porque permite que este profissional possa gerir de QUALQUER LUGAR os profissionais, avaliar instantaneamente as taxas de turnover e absenteísmo (faltas), prever gastos com horas extras e realizar uma gestão eficiente com base em dados concretos.

Caso sua empresa ainda não invista em tecnologia, agora é a hora de avaliar novas possibilidades para facilitar a gestão da área de Recursos Humanos. O primeiro passo é identificar um sistema de gestão de ponto dos colaboradores que se identifique com a sua empresa.

eSocial e a centralização das Informações

Se a empresa não investe no RH, provavelmente terá ônus muito em breve, com a entrada em vigor do eSocial, previsto para iniciar em 1º de janeiro de 2018. Com esse projeto do Governo as organizações terão que se adequar aos novos procedimentos.

No programa governamental, informações do departamento pessoal deverão ser prestadas quase no mesmo instante em que elas ocorrem, como em admissões, faltas, afastamentos, atestados de saúde, aviso de férias, acidentes de trabalho, demissões e reintegrações. Quanto mais cedo as empresas investirem em soluções tecnológicas e na automação de processos internos, mais natural e fácil será a adaptação.

Informação útil de verdade

Os hardwares e softwares fornecem uma infinidade de dados, porém, para que a informação tenha seja útil é necessário processá-los e interpretá-los. Desta forma, o processo manual passa a dar espaço para sistemas de automatização, permitindo agilidade e aumento de produtividade, bem como impulsionando o profissional de RH a fazer uma gestão mais eficiente e precisa.

Com um sistema eletrônico de ponto em tempo real, por exemplo, leva os profissionais de RH a se atuarem de forma preventiva e estratégica, promovendo ações proativamente antes que as situações se tornem problemas.

Outra vantagem é que, apesar de toda a tecnologia embutida nos sistemas, as soluções de ponto eletrônico possuem valores acessíveis. Quer mais informações? Entre em contato conosco aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *