Gerenciamento de equipe remota: como contornar os maiores desafios?

Tempo de leitura: 6 minutos

gerenciamento de equipeO gerenciamento de equipe é uma responsabilidade da liderança de cada departamento.Lidar com diferentes profissionais, perfis e tarefas dentro do mesmo departamento é um grande desafio.

O gestor deve estar atento a tudo que está relacionado ao trabalho e ao profissional. Afinal, quando um colaborador não está bem, sua função também é afetada.

O gerenciamento de equipes remotas é um desafio ainda maior, pois a distância interfere na comunicação, um dos principais pilares da boa gestão. Apesar de exigir muito de qualquer líder, ter sucesso na gestão de equipes que trabalham à distância é possível. Neste artigo, mostramos como. Confira

A importância do líder no gerenciamento de equipes

O gerenciamento de equipes tem como principal objetivo garantir que as tarefas sejam executadas e alcancem bons resultados para a empresa. Mas não basta executá-las. Para atingir metas, os colaboradores precisam estar bem alinhados com os objetivos da empresa, devem trabalhar de forma organizada e buscar sempre otimizar os processos.

Por esse motivo, ter uma liderança forte é tão importante. Um bom líder deve ser: 

  • Organizado,
  • Saber coordenar
  • Explorar as habilidades de cada indivíduo e grupo.

Para isso, ele deve desenvolver ações que estimulem

  •  A participação,
  •  O desenvolvimento, o envolvimento e;
  •  A capacitação de sua equipe.
  • O líder deve manter os colaboradores engajados, produtivos e identificar futuros problemas.

>> Veja como se tornar um líder de sucesso. <<

Essas características se tornam ainda mais importantes no gerenciamento de equipes remotas, quando os colaboradores não estão dividindo o mesmo espaço.

O trabalho remoto tem crescido no Brasil. As empresas que investem nesse modelo acreditam que ao conceder mais autonomia para os colaboradores, aumentam a produtividade, a criatividade, a capacidade de gerenciar, a comunicação e a colaboração com os outros funcionários.

Apesar dessa visão otimista, o gerenciamento de equipes remotas é cheio de desafios e os líderes precisam saber como contorná-los.

Gerenciamento de equipe remota: como contornar 5 desafios

1. Mantenha a comunicação alinhada

A comunicação está entre os principais pilares de qualquer gestão. Quando a equipe trabalha de forma remota, a comunicação se torna ainda mais essencial. O gestor deve avaliar e definir qual o melhor método para manter a equipe em comunicação.

A tecnologia proporciona diversos mecanismos para simplificar o gerenciamento de equipes remotas. Para isso é importante definir um método para comunicação entre os colaboradores. Pode ser por meio de aplicativos de mensagem, reunião por vídeo com a equipe ou uma lista de tarefas adicionadas a um gerenciador online.

2. Incentive o colaborador a gerenciar o próprio tempo

Todos os profissionais devem saber gerenciar o próprio tempo, mesmo quando não trabalham de forma remota. Com isso, o colaborador se torna mais independente e o líder poderá investir parte do seu tempo em ações mais estratégicas, como buscar soluções e tecnologias para otimizar as tarefas da equipe.

Ao identificar que um colaborador, ou a equipe, encontra dificuldades em gerenciar o seu tempo, o líder deve buscar formas de auxiliá-los. Pode ser por meio de treinamentos ou até criando um modelo a ser seguido. Ferramentas e metodologias como o Timesheet, que permite medir a produtividade, calcular os custos de um projeto e identificar gargalos na execução das tarefas.

A partir do momento que os colaboradores aprenderem a se autogerenciar, o desafio do líder será, além de acompanhá-los, conduzi-los e ajudá-los a encontrar os modelos de trabalho que favoreçam as suas rotinas.

3. Faça a gestão de conflitos

Os conflitos são naturais e acontecem em qualquer equipe de trabalho, até nas remotas. O atraso na atividade do colega, o esquecimento de uma tarefa, o embate de opiniões e a falta de comunicação são apenas alguns exemplos do que pode gerar um conflito entre uma equipe remota.

O ideal é que o líder tenha definido, antecipadamente, como os profissionais devem lidar com os conflitos, por meio de uma política pré-definida. Nessa política, o líder deve definir como espera que seus colaboradores se posicionem diante de algum problema. Veja alguns exemplos de orientações para a política:

  •  Foque em soluções, não em culpados;
  •  Respeite as soluções definidas em conjunto;
  •  Sempre que necessário, busque interferência externa (opinião de outros colaboradores);
  •  Seja humilde e aprenda com os erros;
  •  Repense sobre o problema e aponte fatos;
  •  Aprenda a ouvir;
  •  Trate o colega de trabalho como gostaria de ser tratado.

Medidas como essa simplificam o gerenciamento da equipe remota e evitam que o desgaste seja maior do que o necessário.

4.Garanta a produtividade

Diversas pesquisas apontam que o trabalho home office aumenta a produtividade, pois o tempo de deslocamento causa cansaço entre os profissionais. Além disso, o barulho do escritório atrapalha a concentração dos colaboradores. Porém, há quem discorde e afirme que o trabalho remoto oferece muito mais distrações.

Garantir a produtividade dos colaboradores é um grande desafio para o gerenciamento de equipe remota. Esse problema pode ser resolvido com um modelo de gestão de tempo, como o Ahgora Timesheet. O objetivo da ferramenta é monitorar e controlar o tempo que está sendo usado em uma atividade ou projeto. Dessa forma, é possível fazer uma melhor distribuição das tarefas entre a equipe.

5. Controle o horário de trabalho

O trabalho remoto também precisa ter suas horas registradas, afinal o RH tem que fazer a gestão do tempo trabalhado no mês para o fechamento da folha de pagamento. Além disso, um dos maiores problemas enfrentados por esse setor é ter a certeza de que o colaborador está mesmo em seu posto de trabalho.

A Ahgora conta com soluções que resolvem essa questão. A Ah01 faz a leitura biométrica e Batida Online é recomendada para que o colaborador marque o ponto em seu próprio computador. O sistema Multi conta com geolocalização da batida e também funciona offline.
Já para os times alocados em clientes, de forma remota, o Ah30Lite é a sugestão de relógio-ponto.  Além de outras soluções que funcionam no celular via borwser.

O gerenciamento de equipe remota pode ser desafiador para qualquer líder, mas a Ahgora desenvolveu soluções que vão ajudar a contornar todos os obstáculos encontrados pela sua empresa. Quer saber mais? Faça um orçamento.