Gamificação no RH: desenvolva e engaje os colaboradores de forma divertida

Tempo de leitura: 4 minutos

gamificação no RH

A gamificação é uma excelente estratégia que você pode aplicar na empresa no sentido de estimular o desenvolvimento de equipes e aumentar o engajamento dos colaboradores. Inclusive, a gamificação aplicada pelo RH pode ser um grande diferencial para potencializar a satisfação dos colaboradores e reduzir as taxas de turnover (rotatividade). Com o objetivo de ajudar o seu RH a implantar esta estratégia, trouxemos neste post dicas de como implantar a gamificação no RH e replicar o processo em toda a organização.

O que é gamificação e quais os benefícios?

O termo gamificação vem do inglês gamification. Na prática significa usar técnicas de jogos para envolver, estimular e engajar as pessoas a desenvolverem determinadas ações. Aqui vamos abordar especificamente a gamificação no RH, mas essa estratégia pode ser aplicada com várias finalidades. Dentre elas:

  • incentivar o aprendizado;
  • estimular a performance;
  • aumentar o engajamento;
  • motivar as pessoas;
  • promover o reconhecimento;
  • melhorar a produtividade;
  • aumentar as vendas.

Talvez você ainda não tenha percebido, mas a gamificação faz parte do nosso dia a dia. Sabe o cartão fidelidade do seu restaurante preferido? É um exemplo de gamificação, assim como a quantidade de estrelas que você dá ao motorista do aplicativo de transporte ou as informações que envia sobre as condições do trânsito no aplicativo que informa as melhores rotas.

No entanto, é importante deixar claro que a gamificação em si não é um game, mas sim o uso de mecânicas de jogos para estimular ações. Segundo o professor de psicologia Tom Stafford, é o efeito Zeigarnik que explica como a gamificação estimula as pessoas a desenvolverem determinadas ações. Quando têm um desafio para resolver, o cérebro humano fixa essa tarefa na memória e emite alertas induzindo a resolução com urgência. Por isso, a gamificação é uma estratégia que costuma alcançar um bom índice de engajamento.

Como aplicar a gamificação no RH

Agora que você já sabe como funciona, que tal inseri-la como uma estratégia para ações do seu RH? Afinal, ao utilizar a gamificação nas ações é possível resolver situações como falta de engajamento, absenteísmo, conflitos geracionais e até promover a inovação na corporação. Segundo o Institute of Electrical and Electronics Engineers, até 2020, cerca de 85% das nossas atividades diárias utilizarão elementos de gamificação. Mas você pode se antecipar e traçar um plano para implantar a gamificação no RH.

Ao embutir a gamificação nas ações do  RH é possível criar (ou reestruturar) um programa de treinamentos e capacitações. Para isso, é necessário definir um objetivo claro, determinar os secundários e definir um formato de aplicação, com regras, indicadores e recompensas. Afinal, este estímulo é fundamental para despertar o interesse dos colaboradores. Vale ressaltar que a recompensa não precisa ser financeira (dinheiro, viagens ou bens), existem outras formas de motivar os colaboradores.  

7 passos para aplicar a gamificação no RH da sua empresa

  1. Defina um objetivo principal e os secundários.
  2. Estabeleça a dinâmica que será aplicada.
  3. Sensibilize a equipe e apresente as recompensas.
  4. Acompanhe os indicadores e o progresso.
  5. Estimule a competição saudável e a colaboração.  
  6. Valorize as pequenas conquistas e o aprendizado.
  7. Compartilhe os resultados alcançados e atualize a dinâmica.

As vantagens da gamificação para o RH

Para entender as vantagens da gamificação é necessário primeiro definir os objetivos que você deseja alcançar com essa estratégia. Uma dica é partir das metas da empresa: redução de custos, estimular a difusão da cultura corporativa, engajar e motivar os colaboradores, vender mais, aumentar a produtividade, etc. Para todas estas situações é possível usar estratégias de gamificação.

Um exemplo de ação que pode ser aplicada pelo RH com base na gamificação  é desenvolver um programa para reduzir custos. Neste caso, é necessário Identificar algumas rotinas sobre as quais o RH possa atuar de forma eficiente , como por exemplo, a redução da taxa de rotatividade a empresa. Assim, ao aplicar uma estratégia de gamificação para promover a retenção dos colaboradores, o RH ajuda a reduzir custos com rescisões contratuais.

Em síntese, todo profissional de RH sabe o quanto é difícil manter os colaboradores engajados e motivados. Por isso, estão é necessário estarem em busca de novidades para aperfeiçoar os processos, estimular os colaboradores e tornar o ambiente profissional mais satisfatório e atrativo. Para alcançar este propósito é primordial manter o foco nas pessoas. Afinal, são elas o principal recurso das empresas. E profissionais felizes e motivados têm um desempenho melhor.

Se você tem interesse em saber mais sobre gamificação nas empresas, deixe um comentário neste post com suas dúvidas e questionamentos. Esse pode ser o nosso ponto de partida para novos posts aqui no blog. Você também pode assinar nossa newsletter e receber conteúdos sobre RH direto no seu e-mail.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *