Como o Reconhecimento Facial Transforma a vida das pessoas e das empresas

Tempo de leitura: 5 minutos

A tecnologia traz novas perspectivas para o cotidiano das pessoas e das empresas todos os dias, o que amplia as possibilidades e entrega mais valor. Uma dessas novidades é a tecnologia de Reconhecimento Facial, cada vez mais presente no dia a dia de todos.

Isso mesmo, presente e em uso por muitas pessoas e empresas. O Iphone X, por exemplo, traz como uma das novidades esta tecnologia. Agora para liberar o acesso às informações do telefone, basta um olhar do usuário para fazer a autenticação e abrir as aplicações do telefone. É mais segurança, porque evita o acesso de pessoas não autorizadas, e mais comodidade, porque é fácil de usar e não precisa digitar senhas “homéricas”.

reconhecimento facial

Enquanto o Iphone é um exemplo do que está perto do usuário, as empresas também estão de olho nessa tecnologia. Algumas já utilizam a biometria facial para controlar o acesso de pessoas a ambientes restritos, gerenciar a presença (ponto) de colaboradores, controlar o acesso de fornecedores em ambientes e muito mais.

Mas, como funciona esta tecnologia?

Como funciona o Reconhecimento Facial

A tecnologia é baseada em algoritmos matemáticos que mapeiam diferentes pontos do rosto humano, como distância entre olhos, a curva da bochecha, formato do rosto, a plenitude dos lábios. A soma de todas estas características é a base a biometria facial utiliza para identificar uma pessoa.

Para que a aplicação funcione, é necessário fazer o primeiro registro. Se for de uso pessoal, como em um celular, o próprio usuário faz a foto e confirma a utilização deste registro como referência. No caso de empresas que prezam pela segurança, geralmente a validação da imagem é feita por um intermediário (gestor, rh, segurança, ti, etc.), responsável por checar se a informação é verídica e se está em boa qualidade para ser utilizada.

Benefícios da Biometria Facial

Por ser um processo fácil e sem contato com o usuário, a tecnologia de reconhecimento facial permite ser utilizada de formas não invasivas. Substituindo o uso de métodos como impressão digital, varredura de íris e retina, que necessitam de uma aproximação maior.

A tecnologia de biometria facial pode ser facilmente integrada com câmeras de vigilância, por exemplo, para identificar possíveis suspeitos. Esta utilização é perfeita para garantir a segurança, coletar informações sobre um sujeito sem que ele saiba que está sendo observado

Além disso, a tecnologia de biometria facial oferece vantagens como:

  • Facilidade e rapidez na identificação da pessoa;
  • Reconhecimento da face independentemente das alterações faciais (expressão diferente, barba ou óculos de grau).
  • Fácil integração do software de reconhecimento facial com outros tipos de tecnologias de monitoramento, controle de acesso, controle de fronteiras, combate a crime, gestão de ponto e muito mais.
  • identificação com precisão do rosto, mesmo que o reconhecimento seja realizado a partir de ângulos diferentes.

reconhecimento facial

Transformando as relações e o cotidiano das pessoas e das empresas

A tecnologia vem há anos transformando as relações, a comunicação e a cultura. E com o surgimento e evolução da tecnologia de reconhecimento facial não será diferente. A tendência é que a biometria do rosto mude significativamente algumas relações e como fazemos certas coisas.

A perspectiva é que esta tecnologia seja integrada com sistemas de gestão de acesso e presença, registro de ponto de colaboradores, monitoramento, etc. Assim, mudando a forma como as empresas acompanham o trânsito de pessoas em suas dependências, fazendo isso de uma forma não invasiva e com muito mais segurança pelo sistema de câmera de monitoramento, por exemplo.

Outra relação que muda significativamente e que já tem sido colocada em prática na China é o uso da tecnologia de biometria facial para fazer retiradas de caixas eletrônicos. Já na Europa alguns lojistas e prédios utilizam a tecnologia para reconhecer pessoas importantes, a fim de certificar que tenham um tratamento diferenciado.

Na Austrália, os aeroportos estão instalando sistema que facilite o acesso dos passageiros, isso sem a necessidade de apresentar o passaporte para embarcar. E as facilidades não param por aí, algumas empresas estão integrando a tecnologia de reconhecimento facial em sistemas de registro de ponto, o que é mais uma segurança e garantia da informação.

A tendência é que a tecnologia da biometria facial seja integrada também a sistemas de acesso, como catracas, totens e controladores de porta. Isso facilita a gestão de acesso de fornecedores, funcionários e terceirizados.

É a tecnologia movendo o mundo em direção ao futuro!

É claro que apesar de todos estes avanços e vantagens, ainda há discussões sobre até que ponto a biometria facial pode ser utilizada sem invadir a privacidade das pessoas. É claro, que toda mudança oferece ônus e bônus, e desde que utilizada com parcimônia e regras bem definidas, pode trazer mais vantagens que desvantagens. Afinal, pode trazer benefícios como ajudar a polícia a encontrar bandidos, encontrar pessoas desaparecidas, controlar o acesso de pessoas não autorizadas a certos ambientes, etc.

O Reconhecimento Facial é uma tecnologia que, apesar de aparecer em filmes futuristas desde décadas passadas, tem se tornado realidade apenas recentemente devido ao custo – cada vez mais – acessível. Agora presente em celulares para autorizar o acesso às informações, a tendência é que esta tecnologia ganhe cada vez mais espaço e passe a ser integrada a outros sistemas e equipamentos, garantindo segurança e agilidade no dia a dia das pessoas e empresas.