A influência do perfil comportamental nas equipes de trabalho

Tempo de leitura: 7 minutos

Conhecer os pontos fortes e fracos de cada um dos talentos da sua equipe faz toda a diferença entre ter um time de alta performance e um time desmotivado. Para identificar cada um desses pontos, é importante traçar o perfil comportamental dos colaboradores, distinguindo as características da personalidade e habilidades de cada um. Isso é importante para fazer a melhor configuração das equipes, de forma a colocar cada um dos profissionais nas suas áreas de expertise.

Assim, os líderes garantem a satisfação dos colaboradores e conseguem desenvolver os talentos de acordo com as necessidades de cada um deles. Mas como fazer isso? Bom, existem algumas estratégias que você pode colocar em prática para ter uma equipe motivada e de alta performance. Uma dessas estratégias é conhecer quais são os principais perfis comportamentais e, a partir disso, identificar nos profissionais da sua equipe qual o perfil predominante de cada um deles.

Os 4 perfis comportamentais

Existem quatro perfis comportamentais que todas as pessoas têm, porém, um desses perfis geralmente predomina ao outro. Entender as características de cada um deles é essencial para poder fazer uma gestão eficiente e até mesmo prever as reações dos profissionais frente a algumas situações do ambiente corporativo.

Comunicador

São pessoas altamente comunicativas, dotadas de carisma e grande poder de persuasão. Tem facilidade para se relacionar com as pessoas da sua equipe – mesmo de outros setores da empresa – e em geral se mostram animados frente a projetos e novidades. Tendem a ser otimistas.

perfil comportamentalPodem exercer o papel de comunicação e integração na equipe, o que ajuda a tornar o time mais unido e a gerar um ambiente mais tranquilo e leve. Apesar de darem ritmo e energia as atividades, têm dificuldade de seguir cronogramas, normas e procedimentos. Este profissional tem papel motivador e faz bem o relacionamento com os outros departamentos.

Possuem dificuldade com entregas dentro do prazo ou mesmo podem nem entregar alguns projetos, porque costumam perder o interesse das iniciativas facilmente. Equipes com muitos comunicadores tem dificuldade e podem acabar superdimensionando as entregas.

Executor

Possui extrema autoconfiança e tem perfil dominante, o que em alguns casos pode levá-los a ser autoritários ou mesmo ditadores. São competitivos, se dão bem diante de desafios e dificuldades. Costumam ser corajosos e defendem com afinco seu ponto de vista.

São objetivos e diretos e concentram os esforços na realização da atividade. Geralmente não desistem de um objetivo, mesmo quando parece difícil de ser conquistado. Trabalham bem sem supervisão ou gerência. Equipes com muitos executores tendem a ter pouca relação com outros times, são menos empreendedoras e costumam hesitar antes de tomar decisões.

Planejador

Estáveis, calmos, confiáveis e pacientes, costumam ter bom senso de organização e dificilmente entram em pânico. Geralmente são de fácil convivência e evitam embates diretos. Executam as atividades com tranquilidade, mas tendem a prorrogar a execução em prol de um melhor planejamento ou estratégia, sem prezar necessariamente pelo resultado.

São ótimos intermediadores de conflitos nas equipes. Como ponto a ser desenvolvido, se caracteriza o fato de serem pessimistas e receosos. A presença de um comunicador no grupo pode atenuar esta característica.

Analista

Possui bom senso de organização, são detalhistas, responsáveis e conservadores. Estes profissionais têm boa habilidade em gerir processos e rotinas repetitivas. Nunca deixam passar nenhum detalhe! Fazem tudo com metodologias, processos, seguindo passo a passo e com perfeccionismo. Pessoas com este perfil, veem a pressão como algo devastador e em situações assim, geralmente saem de cena.

Equipes com muitos analistas possuem alto grau de especialização, desenvolvem projetos primorosos. Por outro lado, necessitam de gestão, poisperfil comportamental costumam levar muito tempo no planejamento. Equipes com predominância de analistas podem ser indecisas, pouco práticas e ter pouca ou quase nenhuma convivência com outros times da empresa.

Vale destacar aqui que não existe profissional pertencente a apenas um único perfil comportamental. Todas as pessoas possuem características de cada um, mas geralmente, predomina uma característica a outra. Conhecer estes perfis pode trazer resultados significativos para a composição de grupos, uma vez que os líderes podem colocar talentos com características complementares nos times, potencializando os resultados.

E a motivação, como fica?

Depois de conhecer estes perfis é fácil verificar que colocar um profissional com perfil comportamental específico a desempenhar atividades que não estejam adequadas ao seu estilo, irá causar uma certa insatisfação ao longo do tempo. Por exemplo, se um comunicador realizar atividades analíticas muito provavelmente ele se desmotivará com o passar dos meses, afinal, esta atividade não tem nada a ver com o seu perfil!

Por outro lado, colocar um profissional analítico numa atividade que necessite de criatividade e boa comunicação com os demais setores da empresa irá deixá-lo desconfortável. Em ambos os casos, esses profissionais estão desempenhando atividades que não tem nada a ver com a sua personalidade. Por isso, entender e conhecer o perfil comportamental de cada funcionário é essencial para mantê-los motivados e altamente produtivos.

Além disso, ao conhecer estes perfis e a equipe, um gestor pode criar times mais felizes, com profissionais com características que se complementam e que juntos consigam ser mais eficientes.

Mais do que equipes multiperfis

Não são todas as funções que se aplicam a qualquer tipo de perfil comportamental! Isso porque existem cargos e equipes que se perfil comportamentalencaixam melhor com determinados perfis do que outros.

O ideal é conhecer as metas da empresa e, a partir daí, preparar as equipes de forma a conquistarem os resultados traçados. No momento da contratação de novos colaboradores, é necessário ter em mente quais as habilidades que faltam no time e contratar profissionais com perfil comportamental complementar.

Contratando o profissional com perfil comportamental adequado à vaga

Para montar um time produtivo é importante seguir algumas estratégias. Abaixo listamos três ações simples de serem colocadas em prática e que ajudam a gerar mais resultados:

Saiba o que você precisa

Vai contratar um novo profissional? No momento de descrever a vaga vá além da descrição das habilidades, experiências e capacidades necessárias para cumprir as atividades. Reflita sobre o tipo de profissional que você quer no seu time, se precisa ser extrovertido, ter bom relacionamento interpessoal, se precisa ser analítico ou ser do tipo que baixa a cabeça e nem olha para o lado.

Defina o perfil comportamental

perfil comportamentalSe você já tem profissionais que são referência trabalhando na posição que está com vaga aberta, é mais fácil. Descreva o perfil comportamental desses colaboradores que são bem sucedidos no que fazem, e busque com base nesta referência. Se for um cargo novo, identifique as principais responsabilidades, anote os comportamentos que você considera relevantes para desempenhar a atividade e descreva-os na descrição do cargo.

Faça as perguntas certas

Pense em questionamentos que irão ajudar você a discernir se um candidato possui os comportamentos que considera relevante para a execução das atividades da vaga. Vá além e não se contente com respostas superficiais. Avalie a linguagem corporal, fale com ex-empregadores deste profissional. Busque referências. Analise as redes sociais dele.

Entender como cada perfil comportamental age e reage a certas situações, ajuda os gestores a desenvolverem as equipes de forma mais rápida e a construir times mais felizes e de alta performance. Agora você já consegue identificar os perfis de cada um dos profissionais da sua equipe e ajudá-los a se desenvolver?

Conta pra gente aí nos comentários! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *